Emigrante na Suíça morto a tiro pelo tio em Portugal

IMG_20240229_100045_3-e1709202718951-900x640

O homem de 46 anos que, na quinta-feira de manhã, foi morto com um disparo de caçadeira por um tio em Carvalheiros, concelho de Tomar, era há anos emigrante na Suíça e estava temporariamente em Portugal, onde a família nunca deixou de residir.

De acordo com informações recolhidas pelo Jornal de Notícias no local, João N., pai de dois rapazes, foi atingido quando se encontrava manobrar uma máquina num terreno particular próximo das casas do tio e da mãe. Quereria melhorar o acesso ao local para pôr fim a cheias – uma obra que não seria do agrado do alegado homicida, de 67 anos, conhecido por ser conflituoso.

O ataque foi presenciado pelo filho mais velho da vítima, de 19 anos, e por um sobrinho, tendo pelo menos um dos jovens sido atingido de raspão por uma munição ao tentar escapar.

O agressor, conhecido em Carvalheiros como Joaquim “Maluco”, e J. Nunes, cujo caráter foi elogiado pelos vizinhos, andariam desavindos há vários anos por causa do acesso ao terreno, através de uma estrada particular. O crime, ocorrido pelas 8.30 horas, deixou em choque aquela localidade.

O presumível homicida foi detido pelas autoridades. A investigação, a cargo da Polícia Judiciária (PJ), prossegue.

Deixar uma resposta

O seu endereço de correio electrónico não será publicado. Os campos obrigatórios estão assinalados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com