Benfica escorrega em Moreira de Cónegos e ‘entrega’ liderança ao Sporting

Nulo deixa primeiro lugar das águias em risco. Leões podem voltar à liderança já amanhã, segunda-feira, caso vençam o Gil Vicente
João Mario

O Benfica não foi além de um empate, este domingo, na visita ao Moreirense (0-0), em jogo da 12.ª jornada da I Liga. Numa tarde em que a desinspiração ofensiva foi evidente, as águias podem, assim, perder a liderança do campeonato caso o Sporting vença amanhã, segunda-feira, o Gil Vicente.

O Moreirense começou melhor, causou muito perigo junto da baliza de Trubin, chegando, inclusive, a acertar na trave, mas na segunda parte as coisas mudaram radicalmente, com o campeão em título a conseguir controlar o jogo, pese embora sem efeitos práticos na hora de visar a baliza dos cónegos.

João Mário chegou a festejar um golo, mas o VAR ‘apanhou’ Kokçu em fora de jogo e anulou o tento do camisola 20. 

O nulo persistiu do primeiro ao último minuto e o Benfica pode perder o primeiro lugar nas próximas 24 horas, entregando a chave da liderança ao rival Sporting. Com 29 pontos, os encarnados podem ver o rival chegar aos 31.

Por seu turno, o Moreirense confirmou o estatuto de ‘equipa sensação’ desta temporada, elevando para quatro os jogos consecutivos sem sofrer golos.

Filme de jogo 

A primeira parte foi intensa e rica em situações de perigo junto das duas balizas. No entanto, foram os cónegos quem mais estiveram perto do golo, nomeadamente na primeira meia hora, com Madson, Alanzinho e André Luís a darem muito trabalho à linha defensiva comandada por Otamendi.

O primeiro até acertou com estrondo na trave aos 12 minutos, ficando muito perto do golo, ao passo que André Luís chegou a meter a bola no fundo da baliza de Trubin, aos 28 minutos, mas o árbitro anulou o jogo por fora de jogo, numa decisão validade pelo VAR.

O golo anulado a André Luís no Moreirense-Benfica

Avançado brasileiro estava em fora de jogo.

Notícias ao Minuto | 18:49 – 03/12/2023

O Benfica apenas ‘acordou’ a meio da primeira parte e ia conseguindo criar alguns problemas aos cónegos, em especial sempre que Rafa Silva pegava na bola ou quando Aursnes conseguia aparecer no corredor direito.

No entanto, o nulo teimava em manter-se no marcador e era mesmo o empate que imperava no marcador ao cabo dos primeiros 45 minutos.

Roger Schmidt parecia não estar a gostar do que estava a ver e decidiu mudar radicalmente o meio-campo, fazendo entrar Chiquinho e Kokçu para os lugares de Florentino e João Neves.

Apesar das mudanças, o ritmo de jogo no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas baixou drasticamente na segunda parte e a falta de oportunidades de golo foi evidente. Ainda assim, aos Di María conseguiu assustar Kewin logo aos 49 minutos, com um remate muito perigoso.

As águias conseguiram, neste segundo tempo, controlar melhor as incursões ofensivas do Moreirense e aos poucos iam se aproximando da baliza cónega. Schmidt queria mais e aos 72 minutos decidiu trocar de ponta de lança: Arthur Cabral entrou para o lugar de Tengstedt.

Poucos segundos depois João Mário festejou o primeiro golo da noite, mas o VAR acabaria por anular o tento por fora de jogo de Kökcü, médio turco que havia assistido o camisola 20 das águias.

João Mário desfez o nulo, mas Kokçu foi apanhado em fora de jogo

Camisola 20 do Benfica festejou em Moreira de Cónegos mas por pouco tempo.

Notícias ao Minuto | 19:48 – 03/12/2023

O nulo era mesmo o resultado final em Moreira de Cónegos, apesar do último assalto do Benfica à baliza de Kewin Silva, já com Gonçalo Guedes e João Víctor em campo.

Feitas as contas, o Benfica volta a escorregar no campeonato, somando 29 pontos, registo que pode ser insuficiente para segurar o primeiro lugar. As águias vão estar de olhos postos no duelo entre Sporting e Gil Vicente, agendado para a noite de segunda-feira, na esperança que o rival não triunfe.

Por seu turno, o Moreirense trava o campeão nacional, acumulando agora 21 pontos, que lhe garante o sexto lugar, a apenas um ponto do Vitória SC, que é quinto classificado.

Momento do jogo: O golo anulado de João Mário parece ter retirado moral à equipa encarnada, que depois disso pouco ou nada conseguiu fazer junto da baliza contrária.

Equipas iniciais 

ONZE DO MOREIRENSE: Kewin Silva; Fabiano Souza, Maracás, Marcelo, Pedro Amador; Ismael, Gonçalo Franco, Kobamelo Kodisang, Alanzinho; Madson, André Luís.

ONZE DO BENFICA: Trubin; Aursnes, Otamendi, António Silva, Morato; Florentino, João Neves, Di María, João Mário; Rafa e Tengstedt.

Antevisão

O Benfica procura, na tarde deste domingo, isolar-se provisoriamente na liderança da I Liga, na visita ao terreno do Moreirense, em jogo da 12.ª jornada, e distanciar-se do rival Sporting, que apenas vai a jogo amanhã, segunda-feira.

Na ‘ressaca’ europeia, após ter deixado fugir a vitória diante do Inter (3-3), na Liga dos Campeões, as águias de Roger Schmidt tentam voltar às vitórias, sendo que do outro lado está o atual sexto classificado do campeonato.

À entrada para o jogo em Moreira de Cónegos, os campeões nacionais têm 28 pontos, os mesmos do Sporting, que amanhã recebe o Gil Vicente. O FC Porto, que no sábado venceu o Famalicão (3-0), está no terceiro lugar com os mesmos pontos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de correio electrónico não será publicado. Os campos obrigatórios estão assinalados com *