Putin diz que se está a criar uma nova ordem mundial “mais justa”

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, considerou hoje que o Ocidente não tem modelo de futuro para oferecer ao mundo e que se está a criar uma nova ordem mundial "mais justa".

5
0

“O Ocidente não pode pode oferecer ao mundo o seu modelo de futuro. A nível local e global, estão a construir-se os alicerces e os princípios de uma ordem mundial harmoniosa e mais justa, socialmente orientada e segura, uma alternativa ao existente”, disse num fórum em Moscovo o Presidente russo, que ordenou em fevereiro passado a invasão da Ucrânia, provocando um conflito em que morreram pelo menos 5.000 civis e que levou mais de 12 milhões de pessoas a fugir do país.

Esta nova ordem mundial, definiu Putin, é suficiente para substituir um mundo unipolar, que “pela sua natureza trava o desenvolvimento da civilização”.

Argumentou que as elites do mundo ocidental “têm pânico” de que outros centros de desenvolvimento mundial apresentem a sua visão do futuro.

“Não interessa o quanto se esforcem as elites ocidentais e as chamadas supranacionais para manter a ordem existente. Aproxima-se uma nova era, uma nova etapa na história mundial. Só os Estados verdadeiramente soberanos podem garantir uma dinâmica de alto crescimento”, sublinhou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*

code