Pessoas do mesmo sexo vão poder casar na Suíça a partir de 1 de julho

O país era um dos últimos da Europa Ocidental onde as uniões entre pessoas do mesmo sexo não eram permitidas ou aceites por lei. © Reuters POR NOTÍCIAS AO MINUTO

473
0

O governo suíço anunciou, esta quarta-feira, que o casamento entre pessoas do mesmo género será legal a partir de 1 de julho do próximo ano,  dando assim resposta ao apoio retumbante que os eleitores expressaram em referendo.

O Conselho Federal disse, oficialmente, a Suíça reconhecerá os casamentos homossexuais que tenham tido lugar noutros países, a partir de 1 de janeiro, em vez de continuar a tratar as uniões como simples uniões de facto.

Ao definir uma data para a entrada em vigor da lei ‘Casamento para Todos’, aprovada pelos eleitores em setembro, o conselho disse que as uniões de facto já não vão continuar a ser possíveis no país a partir de 1 de julho. Os casais que já estejam em união de facto, autorizada no país em 2007, poderão mantê-la sem ter de casar.

A Suíça era um dos poucos países que resta na Europa Ocidental onde o casamento entre pessoas do mesmo género ainda não era permitido ou aceite por lei.

Recorde-se que o referendo foi aprovado por uma maioria esmagadora a 26 de setembro vai pôr em patamar de igualdade legal os casais do mesmo sexo e os casais heterossexuais, permitindo que adotem crianças juntos e tenham direito a que o cônjuge obtenha cidadania, se for esse o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*

code