Mito ou facto: O bicarbonato de sódio branqueia os dentes?

Eis a resposta.

6
0

A Internet aproximou-nos da informação, mas isso não significa que todas as notícias ou artigos com que nos deparamos sejam verdadeiros. Os mitos ou boatos estão espalhados pelo mundo online e muitos deles estão relacionados com a saúde oral.

Com isso em mente, o Instituto de Implantologia revela, em comunicado, algumas informações que importam esclarecer.

O bicarbonato de sódio branqueia os dentes

Vamos diretos ao assunto: este produto é, de facto, excelente para remover manchas, mas o melhor será mesmo mantê-lo pela roupa e não na sua boca. É verdade que o bicarbonato de sódio torna a superfície do dente mais limpa, mas atua sobretudo por um processo abrasivo. Ou seja: remove as manchas nos dentes, mas acaba por levar a um desgaste contínuo da superfície do esmalte.

Inevitavelmente esta situação leva a uma maior sensibilidade dentária e obrigará a pessoa a fazer tratamentos mais dispendiosos do que um branqueamento dentário bem orientado. Posto isto, não devemos utilizar este produto para branquear os nossos dentes.

A perda de dentes é uma consequência natural do envelhecimento

É normal associarmos a velhice a outros problemas do foro da saúde, mas tal não se aplica à saúde oral. Os nossos dentes, exceto os dentes de leite, não foram projetados para serem perdidos ao longo da vida. Normalmente, isto acontece devido à falta de prevenção, por não se realizarem os tratamentos indicados quando surge algum problema, mas, acima de tudo, está associado a uma rotina de higiene oral insuficiente. Assim, dizer-se que se está a perder dentes porque a idade não parou de avançar, é mesmo um mito.

As pastilhas sem açúcar podem ajudar a evitar a cárie dentária

Para quem já se cruzou com esta informação em algum momento e decidiu pô-la em prática, temos boas notícias: é mesmo verdade! Estas pastilhas, sobretudo quando não conseguimos lavar os dentes após uma refeição, podem ser um ótimo complemento na nossa higiene oral. A principal vantagem é que estimulam o fluxo salivar. Um bom fluxo salivar é fundamental para a redução do risco de cárie. O aumento da saliva contribui para neutralizar os ácidos da cavidade oral e estimular a remineralização dos dentes. Contudo, caso não exista uma boa higiene oral, estas pastilhas não fazem nenhum milagre. Quando utilizadas, não devemos manter uma pastilha por mais de 10 minutos. O mastigar constante e a produção contínua de saliva vão enganar o estômago, o qual começa a gerar mais ácidos por pensar que está prestes a receber alimentos.