Mísseis atingem hospital e escola na Síria e provoca 14 mortos

Um ataque aéreo atingiu um hospital e uma escola na cidade síria de Azaz, perto da fronteira com a Turquia e provocou, pelo menos, 14 mortos e 30 feridos. A Organização não-governamental Médicos Sem Fronteiras que mantinha o hospital diz que o edifício foi atingido por quatro mísseis.
O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, afirma que foi um míssil balístico russo que atingiu o hospital e a escola, matando muitos civis incluindo crianças.
Davutoglu está de visita à Ucrânia onde acusou ainda a Rússia e a milícia curda de terem fechado o corredor humanitário a norte de Aleppo.

Fonte: Rádio94FM




Deixar uma resposta