Líderes da ASEAN preocupados com tensão na península da coreia

Centenas de pessoas manifestaram-se, esta sexta-feira, em Manila, contra o capitalismo e contra a globalização.

A capital das Filipinas recebe a cimeira que marca os 50 anos da Associação de Nações do Sudeste Asiático.

Nos próximos dias, na agenda dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos 10 países da ASEAN vai estar a integração comercial do bloco com as grandes economias do continente, como a China, o Japão e a Índia, após a retirada os Estados Unidos da América do Acordo Transpacífico de Cooperação Económica, promovida pela administração de Donald Trump.

No sábado, os chefes de Estado e de Governo da Birmânia, Brunei, Camboja, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Singapura, Tailândia e Vietname, vão discutir a situação política na região. Os líderes do bloco asiático estão preocupados com o agudizar da tensão na península coreana, após os testes nucleares e de mísseis realizados pela Coreia do Norte.

Fonte: Euronews




Deixar uma resposta