GP da Grã-Bretanha: Hamilton arranca da pole-position

A “jogar em casa”, Lewis Hamilton não desiludiu e garantiu a pole-position para o Grande Prémio da Grã-Bretanha em Fórmula 1, a sexta da temporada para o inglês da Mercedes.

Como seria de esperar, Nico Rosberg foi a maior oposição, mas Hamilton controlou-a bem, apesar de um erro que o levou a exceder os limites da pista. O seu melhor registo foi assim apagado.

Foi obrigado a realizar nova volta rápida, e ao contrário do seu colega de equipa, voltou a melhorar o seu registo e assegurou assim a pole-position, deixando Rosberg a 0,319s.

Max Verstappen foi terceiro e bateu o seu colega de equipa Daniel Ricciardo pela primeira vez este ano em qualificação, ficando no entanto a mais de um segundo da pole.

Fora da luta pela pole-position (e aparentemente pela vitória…) ficaram os Ferrari. Kimi Raikkonen foi quinto mais rápido e bateu Sebastian Vettel, que vai perder cinco posições na grelha por nova troca da caixa de velocidades.Vai arrancar apenas de décimo primeiro da grelha.

Sétimo lugar para Valtteri Bottas (Williams), oitavo para Carlos Sainz (Toro Rosso), com Nico Hulkenberg (Force India) e Fernando Alonso (McLaren) a fechar os dez primeiros.

Quem desiludiu foi Jenson Button, apenas 17º, já que foi eliminado na Q1 devido a um problema com a asa traseira do seu McLaren, que com uma peça partida, não deixou tempo à equipa para a reparar a tempo de evitar em pista a eliminação na Q1.

Marcus Ericsson ficou fora da sessão depois do forte acidente que sofreu no último treino livre. O sueco da Sauber foi levado para o hospital para observação.

fonte: autoportal.iol.pt




Deixar uma resposta