EUA lançam dezenas de mísseis contra base aérea síria

Os Estados Unidos lançaram seis dezenas de mísseis de cruzeiro contra uma base área síria, em resposta ao ataque com armas químicas de terça-feira, atribuído ao regime de Bashar al-Assad.

O Pentágono diz ter informado previamente a Rússia, aliada de Assad.

O presidente norte-americano explicou ter ordenado “uma ação militar contra a base área na Síria a partir de onde foi lançado o ataque químico”. Donald Trump afirmou que “é do interesse vital da segurança dos Estados Unidos prevenir e desencorajar o uso de armas químicas mortíferas. Não pode ser contestado [o facto de] que a Síria usou armas químicas banidas, violando as suas obrigações ao abrigo da convenção de armas químicas, ignorando as insistências do Conselho de Segurança da ONU”.

Os 59 mísseis Tomahawk foram lançados de navios de guerra norte-americanos estacionados no Mediterrâneo contra a base de Shayrat, no oeste da Síria, a 40 quilómetros da cidade de Homs.

O Kremlin tinha desaconselhado uma intervenção militar contra o aliado.

Fonte: Euronews




Deixar uma resposta