EUA: Arcansas executa 4 prisioneiros em 8 dias

O estado norte-americano do Arcansas executou, esta quinta-feira, o quarto prisioneiro em oito dias.

Kenneth Williams, de 38 anos, foi executado por injeção letal. O homem foi condenado à pena de morte após ter sido considerado culpado pelo assassinato de duas pessoas. O duplo homicídio ocorreu depois de Williams ter fugido do cárcere, onde estava a cumprir uma pena de prisão perpétua por ter assassinado uma colegial.

Estas são as primeiras execuções em 12 anos no Arcansas. Kenneth Williams está incluído num grupo de oito prisioneiros que o estado pretendia executar até ao final de abril.

Quatro dessas execuções foram suspensas por vários tribunais.

Segundo a Reuters, o prazo apertado para um número tão elevado de execuções é justificado pelo facto de a droga utilizada, o midazolam, expirar no final do mês.

O Arcansas reinstaurou a pena capital em 1976.

Fonte: Euronews




Deixar uma resposta