Celtic, Légia e Salzburgo lideram lote dos últimos apurados

Jogos da segunda mão da segunda pré-eliminatória (clique para mais detalhes)

Jogos de quarta-feira

O Partizan (de branco) afastou o Buducnost Podgorica©Filip Roganovic
Celtic 4-0 Linfield (total: 6-0)
Dudelange 0-1 APOEL (total: 0-2)
Honvéd 2-3 Hapoel Beer-Sheva (total: 3-5)
Copenhaga 1-2 Žilina (total: 4-3)
Kukës 2-1 Sheriff (total: 2-2; Sheriff apurado graças aos golos fora)
Légia 6-0 Mariehamn (total: 9-0)
Ludogorets 4-1 Žalgiris (total: 5-3)
Maribor 1-1 Zrinjski (total: 3-2)
Rosenborg 2-1 Dundalk (após prolongamento) (total: 3-2)
Salzburgo 3-0 Hibernians (total: 6-0)

Rosenborg e Copenhaga sobreviveram, ambos, a grandes sustos. A jogar em casa, o campeão norueguês foi mesmo forçado a um prolongamento pelo Dundalk antes de Mattihias Vilhjalmsson apontar, à passagem do minuto 98, o golo da vitória. Já o campeão dinamarquês perdeu 2-1 na recepção ao Žilina, apurando-se com um apertado total de 4-3 no conjunto das duas mãos, tendo o suplente Ramil Sheydaev, do Žilina, falhado em cima do apito final uma ocasião de golo soberana, a qual teria valido o apuramento aos visitantes.

Bem mais tranquila foi a passagem à terceira pré-eliminatória de Salzburgo e Ludogorets, que venceram os respectivos jogos por três golos de diferença, selando triunfos por larga margem no conjunto das duas mãos. O Celtic fez ainda melhor e bateu o Linfield por 4-0 em Glasgow, resultado superado pelo Légia, que marcou seis golos sem resposta aos finlandeses do Mariehamn. O jogo mais espectacular da noite, contudo, disputou-se na Hungria, onde o Honvéd esteve a perder por 2-0 frente ao Hapoel Beer-Sheva, conseguiu chegar ao empate, mas viu Anthony Nwakaeme marcar, num lance individual, o golo que selou em definitivo o apuramento do campeão israelita, com um total de 5-3 na soma das duas mãos.

Jogos de terça-feira

Alashkert 1-3 BATE (total: 2-4)
Astana 1-1 Spartaks J?rmala (total: 2-1)
Buducnost Podgorica 0-0 Partizan (total: 0-2)
Samtredia 0-1 Qaraba? (total: 0-6)
TNS 1-5 Rijeka (total: 1-7)
Vardar 3-1 Malmö (total: 4-2)
Víkingur 0-2 FH Hafnarfjördur (total: 1-3)

O Vardar protagonizou a surpresa da noite ao eliminar o Malmö, que em 2015/16 marcou presença na fase de grupos. Bem cedo em desvantagem, em virtude de um penalty convertido por Markus Rosenberg, o campeão da macedónia conseguiu, depois, uma vitória memorável com três golos sem resposta na segunda parte.

Patrick Twumasi celebra depois de marcar pelo Astana©FC Astana
O BATE também teve de dar a volta a um resultado para seguir em frente, com Mikhail Gordeichuk a bisar ainda antes do intervalo frente ao Alashkert, enquanto um bis de Mario Gavranovic, vindo do banco, ajudou o Rijeka a somar uma vitória categórica no terreno do TNS.

Sorteio da terceira pré-eliminatória (jogos da primeira mão a 25/26 de Julho, jogos da segunda mão a 1/2 de Agosto)

Caminho das Ligas

FCSB (ROU) – Viktoria Plze? (CZE)
Nice (FRA) – Ajax (NED)
Dínamo Kiev (UKR) – Young Boys (SUI)
AEK Atenas (GRE) – CSKA Moskva (RUS)
Club Brugge (BEL) – ?stanbul Ba?ak?ehir (TUR)

Caminho dos Campeões
Slavia Praga (CZE) – BATE Borisov (BLR)
Astana (KAZ) – Mariehamn (FIN)/Légia Varsóvia (POL)
Zrinjski (BIH)/Maribor (SVN) – FH Hafnarfjördur (ISL)
Žilina (SVK)/Copenhaga (DEN) – Vardar (MKD)
Linfield (NIR)/Celtic (SCO) – Dundalk (IRL)/Rosenborg (NOR)

Hapoel Beer-Sheva (ISR)/Honvéd (HUN) – Žalgiris Vilnius (LTU)/Ludogorets (BUL)
Viitorul (ROU) – APOEL (CYP)/Dudelange (LUX)
Hibernians (MLT)/Salzburgo (AUT) – Rijeka (CRO)
Qaraba? (AZE) – Sheriff (MDA)/Kukës (ALB)
Partizan (SRB) – Olympiacos (GRE)

Fonte:UEFA




Deixar uma resposta