Alemães procuram armas para auto defesa

Depois dos ataques da véspera de Ano Novo, em Colónia, o medo instalou-se entre os alemães e a compra de equipamentos de autodefesa disparou.

Os tasers, são uma das, chamemos-lhes, armas mais escolhidas:

“Já tinha começado antes do Ano Novo. As pessoas não sabiam bem porque compravam, era um pouco de medo mas depois do Ano Novo a vontade se auto defenderem explodiu, cada vez mais pessoas vêm cá e cada vez mais compram”, adianta Andreas Engels, dono de uma loja de armas.

Praga é uma das cidades onde são fabricados estes equipamentos de autodefesa e o número e quantidades de encomendas aumentou exponencialmente:

“Em setembro as encomendas começaram a chegar, um cliente encomendou mil unidades, outro outras mil. Esperávamos encomendas de mil unidades por mês. Mas agora é por semana. Diria que aumentou três vezes”, explica Brestislav Kostal, dono da Euro Security Products.

Mas não é em todos os países que é legal comprar este tipo de equipamento. Em Portugal é usado pela PSP e GNR.

Mas, segundo a Amnistia Internacional, entre 2001 e 2008, os tasers foram responsáveis por 351 mortes nos EUA e no Canadá.

Fonte: Euronews




Deixar uma resposta